Páginas

sábado, 5 de novembro de 2011

Lembrar-te para sempre

Hoje percebi uma coisa muito importante: nunca vou deixar de te amar.Nunca vou deixar de sentir aquele arrepio nervoso quando passar por ti, nunca vou conseguir apagar da minha memória todas as coisas que se passaram. Quase que posso apostar que nunca vou conseguir perdooar-te tudo o que fizeste de mal, mas se vir bem a situação, também nunca pediste desculpa.
Nunca vou conseguir dizer-te que já te esqueci, pois também nunca consegui mentir-te. Nunca vou conseguir esquecer o azul dos teus olhos, o tom da tua pele, o cheiro da tua roupa. Nunca vou conseguir passar por ti sem olhar.
Vai ser raro o dia em que não vou pedir em tom de reza que me mandes uma carta, vai ser raro o dia em que o meu complicado pensamento pense em ti. Nunca me vou conseguir esquecer da tua personalidade, das tuas preferências, até das tuas imperfeições.
Provavelmente vou voltar a apaixonar-me, e Deus, espero que sim!!! Mas isso não invalida que com uma nova paixão, esqueça a antiga.
Permanecerás SEMPRE junto do meu coração, porque quer eu queira, quer não, tu foste a minha primeira paixão.

1 comentário:

  1. Sabes francisca é obvio que um dia vais deixar de amar . Um dia e talvez quando menos esperares conseguirás olhar-te perante do espelho e nem vais acreditar que conseguis-te seguir em frente . Escrever liberta-nos da solidão , nem sabes o quanto eu entendo isso . O quanto ja desesperei noites e noites com as lagrimas nos olhos , o quanto ja pedi para ser feliz . Mas nós só seguimos quando nos libertamos do nosso próprio pensamento , e o horrivél é sabermos que para além de todo o mal que nos causaram ainda conseguimos sentir a saudade , a esperança . Sentimos que estamos perdidas . Mas sabes ? já somos eroínas por amar apenas , por sentir a capacidade de sofrer uma saudade . E nunca te esqueças , nada dura para sempre . beijo , Lara vidal.

    ResponderEliminar