Páginas

domingo, 24 de junho de 2012

O meu futuro

Quero ser grande, maior. Quero conseguir alcançar tudo que até agora me era impossível. Quero acreditar que nada é demasiado para mim, quero sonhar sem barreiras. Quero lutar, independentemente dos resultados, quero tentar. Quero olhar-me ao espelho e sentir que o suor que percorre a minha testa é fruto de uma lutadora, de uma guerreira. Quero dizer em voz alta e quero que me oiçam, que me acompanhem. Quero que gritem comigo, que me elogiem. Que vejam o meu esforço e que me recompensem por isso. Quero que me admirem, mas mais que tudo, quero admirar-me a mim própria. Quero lembrar-me que já fui nada e que agora sou tudo. Quero rir-me das coisas patetas que antes fiz e reflectir no monte de brincadeiras que ainda irei desfrutar. Quero viver a vida um dia de cada vez, de costas voltadas para o ontem e uma vontade enorme de cumprimentar o amanhã. Sem pressas, mas com objectivos. Forte como um telhado que leva com chuva o Inverno todo e sensível como as folhas onde ela desliza. Quero ser um misto daquilo que sou e que irei ser, nunca deixando de ser eu própria. Não quero ser perfeita, mas quero sempre melhorar, aceitando  as críticas e construindo coisas melhores ainda. Não me preocupo com o facto de vir ou não a ter alguém ao meu lado, alguém que oiça as minhas ideias, que repreenda as minhas falhas. Posso aprender sozinha. Mesmo assim, quem sabe se não farei algo em conjunto. Quero respeitar os outros, tal como quero ser respeitada. Quero continuar a escrever, e quero fazer disto a minha vida. Sem medo que alguém apague tudo desta vez. Porque agora já não é lápis de carvão, mas sim a caneta, sem pressionar o papel, mas de forma determinada. Com a convicção de uma pequena árvore, não cresce de forma repentina mas, com o tempo, torna-se enorme e fixa às suas raízes, às origens. Quero ser feliz... Quero ser grande, maior.



12 comentários:

  1. ui ui que eu identifico-me tanto com este texto o:

    ResponderEliminar
  2. identifiquei-me também com este texto ! :)

    ResponderEliminar
  3. obrigada eu, fico mesmo contente que tenhas gostado (:

    ResponderEliminar
  4. Muito bom! Parabéns Francisca. Um texto consistente que revela maturidade, e sensibilidade! Força e segue o teu SONHO! ;)
    E porque não fazeres uma história?faz e envia para algumas editoras. No que eu puder ajudar dispõe. :-)
    Grande beijo,
    Sapinho

    ResponderEliminar
  5. ohhh :$ obrigada, foste tão fofinha *-*
    E eu sigo o teu, o texto está muito bom, eu gostei :)

    ResponderEliminar
  6. as coisas não têm corrido como eu esperava, mas vai ficar tudo bem, obrigada *

    ResponderEliminar
  7. Tinha textos preferidos mas este ganhou a todos, pela garra, dedicação, coragem, maturidade, realidade, tudo... porque és tu que ali estás. Vejo nele a minha menina.
    Francisca, nunca deixes de escrever... peço-te muito. Tens um dom único, ainda mais na tua idade!
    Muito Obrigada por partilhares os teus textos connosco!
    E Força porque acredita tens valor, és única e eu gosto muito de ti.
    Mil beijos

    ResponderEliminar