Páginas

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Se...

E se eu te dissesse que te amo? Que quero fugir contigo? Levar-te para longe, começar do zero. Aceitavas? Ou eras fraco demais para largar tudo e entregares-te a mim, e só a mim? Sem bens materiais, só eu e tu, sustentando-nos um ao outro... Que achas? Senteste capaz?
Seria uma grande prova de amor, a maior que me podias dar. Fazer com que eu me sentisse a coisa mais importante da minha vida, tendo tu, se fugissemos, mais nenhuma para puder amar.
Como podiamos ser felizes só nós os dois... Vou sonhar com isso hoje.

2 comentários:

  1. olá querida, mais uma vez, obrigado por seguires. confesso que tenho andado um bocado apagada do blog, por questões pessoais, acho até que cheguei a referi-las num post qualquer. desculpa a demora a responder, mas acho que o meu coraçãozinho de papel prefere manter o blog não muito activo. beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. Já andei a ler alguns dos teus textos, e devo dizer que gostei de tudo o que li até agora.
    Estou a seguir (:

    ResponderEliminar