Páginas

domingo, 1 de janeiro de 2012

Cérebro

Não me compreendo. Sinceramente, não sei porque sou assim, porque sou tão... assim. Eu própria não sei descrever-me, vejo-me muitas vezes aflita para explicar a mim mesma o porquê de pensar assim, de agir daquela forma. Porque eu olho à minha volta e tudo parece tão simples e fácil de descodificar. Para mim as pessoas não podem ser sequer misteriosas, porque eu olho para alguém e, não sei explicar como, mas sinto que a conheço, que sei o que ela pensa, como está. Envolvo-me num jogo tão estúpido com o Mundo, pareco uma louca a achar que adivinho o que os outros pensam ou sentem. Mas sou assim.
Não consigo estar num sítio com mais que uma pessoa, estar a falar com ela e não olhar para as que estão à nossa volta. Acho que tenho e sempre tive que sentir a aprovação de todos naquilo que digo e faço. Acho que vivo demasiado concentrada a tentar ser perfeita, ou pelo menos, a tentar ser aquilo que eu queria ser: uma pessoa normal, com pensamentos normais, que não se assusta consigo própria. Porque sim, eu assusto-me quando dou por mim a pensar como ficariam as pessoas à minha volta se eu falecesse. Se iam sofrer ou se seria esquecida. E sim, sinto-me reconfortada quando penso que até as pessoas que não demonstram qualquer amizade por mim, se eu moresse,chorariam. Este é um dos pensamentos que se entranha no meu cérebro sempre que estou sozinha. Talvez isso se associe ao facto de ter medo de um dia precisar de alguém e toda gente estar indesponível. Porque eu sou estranha, e não me conheço às vezes, confundo-me naquilo que para os outros é óbvio, a meu ver, sou um ser distante dos outros, um ser excluído. Que faz o mesmo que os outros, aparenta ser normal, consegue passar dias óptimos, mas depois... tem um cérebro completamente deslumbrante, que não tem nada haver com a inteligência, mas sim com a forma de pensar.

3 comentários:

  1. Olha linda li o teu texto e sei o que estas a sentir, eu também já me senti assim e às vezes ainda me sinto, mas olha pensa comigo, isso é apenas uma fase, não podemos pensar assim mas sim em positivo os nossos amigos verdadeiros estão sempre connosco nos bons e maus momentos, não fiques assim. Tenta ultrapassar isso, eu sei que é dificil, eu já estive assim e às vezes ainda sinto o que tu sentes, igualzinho.

    ResponderEliminar
  2. Oh não tens de agradecer , porque pensas assim linda?

    ResponderEliminar