Páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Não quero crescer!

Todos nós temos objectivos. Lutas que nunca deixaremos de batalhar, batalhas que jamais diremos perdidas. Todos nós temos sonhos inconcretizáveis e sabemos disso, mas não o dizemos. Guardamos para nós a desilusão de não puder vir a ser um super-herói, uma princesa de um reino encantado. Todos nós, dentro do nosso corpo, junto àqueles pequenos segredos que fazem de nós especiais, temos o desejo de voltar à infância, àquelas horas de pura brincadeira. Porque agora tudo é diferente, tudo é maior e mais assustador. O Mundo parece diminuir porque nós crescemos, e já não somos aqueles pequeninos que todos querem apertar as bochechas. E eu adorava que me apertassem as bochechas, que me dissessem "que criança tão fofa" e que me pedissem para dançar.
Porque não podemos ser pequenos para sempre? Eu não precisava de conhecer já este Mundo!


8 comentários:

  1. Eu já tinha espreitado o teu blog. E já seguia :)

    ResponderEliminar
  2. esta mesmo giro, eu compreendo na perfeição também não me importava nada de ser pequena sempre, ou pelo menos até conseguir ter forças suficientes para combater contra o que vier *

    ResponderEliminar
  3. feliz natal :) também gosto muito do teu blog e estou a seguir :)
    adorei este texto, quando somos pequenos queremos tanto crescer, agora eu só queria ser novamente uma criança, sem preocupações...enfim. beijo :)

    ResponderEliminar