Páginas

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

20-12-2011

Devia existir um dia para fazermos tudo o que quisessemos. Aí, eu juro que saltava de um avião sem pára-quedas, só para ver até onde conseguia ir. Mas como esse dia parece não querer chegar, vou continuar, aqui, no meu canto, a andar no baloiço que está no jardim e a imaginar o quão alto puderei ir.
Porque a imaginação dá-nos asas, para irmos... até onde quisermos. E eu quero ir até ao sítio mais alto que alcançar!

8 comentários:

  1. pois, tens toda a razão! também gosto muito do teu, está bonito :))

    ResponderEliminar
  2. O que nos vale é mesmo a imaginação (:

    Obrigada pelo teu comentário ^^,

    ResponderEliminar
  3. pode-se ir a lugares inalcançáveis...sem mover os pés do chão...

    ResponderEliminar
  4. adorei o texto, repleto de imaginação, ânsia de liberdade :)

    ResponderEliminar
  5. Não precisas que haja um dia para isso. Pega em ti e tira um dia para fazeres o que mais te apetece ;)

    ResponderEliminar
  6. obrigada pelo teu comentário querida, pela simpatia e pelos elogios. o teu blog é lindo e andei a ler e tens textos perfeito! vou seguir *.*

    ResponderEliminar