Páginas

sábado, 5 de maio de 2012

O nosso sonho

Fantástico era ter uma caravana, como aquelas que via em criança nos filmes de animação, agarrar naquilo que é essencial, e partir à aventura contigo. Andar no incerto, atravessar todos os lugares na tua companhia, fazer de cada dia uma surpresa e algo completamente excitante e inesquecível. Imagino-nos a acordar de manhã, a abrir a porta e a olhar-mos para a praia, para o campo, para um sítio qualquer. Não importa, éramos nós os dois. Sem telemóveis, computadores, televisão ou qualquer outra coisa que nos ligasse ao mundo real. Cresce em mim uma felicidade enorme só de te imaginar a conduzires ao meu lado, e juntos... Até nos consigo imaginar a cantar os nossos temas preferidos da rádio. E consigo ver a tua cara envergonhada caso estivéssemos perdidos no meio do nada. E sabes o que também posso ver? A minha expressão apaixonada a mostrar-te que o meio do nada onde estaríamos podia ser construído naquele momento, por nós, e transformar-se num tudo. O nosso tudo.

Como deve ser mesmo espectacular estar isolada de tudo com a pessoa que mais amamos e disfrutar-mos das coisas mais bonitas que não podemos ver porque estamos mais ocupados com coisas que, depois desta viagem que faremos, meu amor, de nada servem.

O nosso sonho. Nós os dois. Juntos. Sempre.

Sem comentários:

Enviar um comentário