Páginas

domingo, 23 de outubro de 2011

Sozinha?

Ultimamente sinto-me sozinha. Vejo-me ao espelho e procuro encontrar através do meu reflexo alguma companhia, mas até o meu "eu" parece ter-me abandonado. Toco no meu corpo como quem procura algo mais e simplesmente é um corpo, não passa disso. Não parece ter nada lá dentro. Está oco. E a minha alma deve ter fugido.
Decido sair à rua e procura-la para acabar com a minha solidão, mas até a minha própria alma foge de mim. Passo dias à sua procura, destríbuo cartazes pela rua, pergunto se alguém a viu. Descrevo-a com um ar perdido, muito triste e desesperado porque não me encontrar. Mas toda gente diz que não a viu. Descrevo-a com um olhar tão vazio como o meu corpo neste momento, com os lábios secos de amargura e uma voz muito chorona. E toda gente diz que não a viu.
Estou tão preocupada com ela, aposto que ainda está mais perdida que eu.
Alguém a viu? Ela tem um ar muito só... Está sozinha realmente. Não tem sorriso, não tem o nariz empinado. É simplesmente o meu recheio, o "eu" dentro do mim. Só que fugiu.
Alguém a viu?
Sou eu, é a minha alma.

Sem comentários:

Enviar um comentário